Assim falou Zaratustra em Nietzsche, com primeira aula gratuita

 


Curso de 17 aulas ministrado no período de 21 de Maio a 10 de Setembro de 2020, com os conceitos mais importantes sobre o ASSIM FALOU ZARATUSTRA EM NIETZSCHE: o eterno retorno; a vontade de potência; a morte de Deus; o ressentimento; o niilismo; a transvaloração dos valores e o além-do-homem.


O vídeo da PRIMEIRA AULA GRATUITA estará disponível até domingo, 29/11.




SE VOCÊ DESEJA SE INSCREVER PARA O CURSO COMPLETO:


➜ Inscrições SOMENTE até segunda-feira, 30/11.

➜ A gravação do vídeo de cada aula estará disponível aos alunos com acesso ilimitado durante 6 meses (incluindo o vídeo da primeira aula).

➜ Os alunos terão acesso aos links para baixar os áudios de todas as aulas (para obtê-los definitivamente) e ao material complementar (textos e sugestões de vídeos).

➜O curso é destinado a interessados em geral e não é necessário ter conhecimento prévio para se inscrever.

➜ Por ser um curso gravado, não será possível fazer perguntas, pois o chat não estará disponível.

➜ Haverá certificado de participação com carga horária de 43 horas.


Valor: R$ 249,00. Opções de pagamento:

1. Via PagSeguro (cartão de crédito, débito online ou boleto), com opção de parcelamento em até 12x no cartão de crédito.

CLIQUE AQUI para efetuar o pagamento.

2. Via depósito bancário (Itaú ou Banco do Brasil). Solicite os dados bancários pelo e-mail filosofia@amauriferreira.com


👉 Inscrição SOMENTE até segunda, 30/11. Após a confirmação do pagamento, os links exclusivos para os vídeos de todas as aulas serão enviados por e-mail na terça-feira, 01/12. Os links para baixar os áudios de todas as aulas serão enviados por e-mail no dia 10/12. 




O livro mais importante de Friedrich Nietzsche, Assim falou Zaratustra, tem como concepção básica o pensamento do eterno retorno, que efetua a redenção do passado, destruindo o modo ressentido, culpado e niilista de vivermos. A transvaloração de todos os valores a partir da afirmação do eterno retorno é indissociável de uma crítica radical a uma tradição cultural que tem, como pressuposto, a busca pela verdade (platonismo, cristianismo, razão científica). O livro, que foi escrito entre 1883 e 1885, é composto por quatro partes: na primeira parte, há o prólogo de Zaratustra, seguido de outros discursos e, no final desta parte, Zaratustra abandona seus discípulos para que eles se tornem criadores; na segunda parte, ele reencontra seus discípulos depois de perceber que sua doutrina foi desfigurada e, no final desta mesma parte, abandona novamente os discípulos para ser capaz de afirmar o pensamento do eterno retorno; na terceira parte, Zaratustra, finalmente, afirma o seu pensamento abismal (o eterno retorno); na quarta parte, Zaratustra encontra os homens superiores, que são os que ainda não superaram o niilismo (pois ainda sofrem com a morte de Deus) e, no final do livro, ele tem, enfim, o sinal de que os seus companheiros criadores (os que superaram o niilismo) estão próximos. 


Capítulos do livro que foram comentados:


Aula 1: Prólogo de Zaratustra (trechos)

Aula 2: Das três metamorfoses

Aula 3: Dos trasmundanos

Aula 4: Da árvore na montanha

Aula 5: Das mil metas e uma só meta

Aula 6: Nas ilhas bem-aventuradas

Aula 7: Das tarântulas

Aula 8: Da superação de si mesmo

Aula 9: Da redenção

Aula 10: Da visão e enigma

Aula 11: De velhas e novas tábuas (seções 1 a 15)

Aula 12: De velhas e novas tábuas (seções 16 a 30)

Aula 13: O convalescente

Aula 14: Do grande anseio (trechos). Outro canto de dança (trechos). Os sete selos (trechos).

Aula 15: A sanguessuga

Aula 16: A saudação

Aula 17: O canto ébrio (trechos). O sinal.   



Dúvidas?

Entre em contato conosco pelo email

filosofia@amauriferreira.com



AMAURI FERREIRA é filósofo, escritor e professor. Desde 2006 ministra cursos livres de filosofia. É autor dos livros "Simplicidade Impessoal" e "Singularidades Criadoras". É também autor de livros sobre Spinoza, Nietzsche e Bergson. Visite: www.amauriferreira.com



    





Comentários