Encontro filosófico: Duração, memória e criação em Bergson, em 27/07/16, das 20h às 22h


Segundo Henri Bergson, o mau uso das inovações tecnológicas se encontra na tentativa de satisfazer as nossas necessidades de prazer, luxo e riqueza, nos mantendo submetidos aos mais diversos estímulos que reforçam o mecanismo sensório-motor, impedindo a experiência da duração. Para Bergson, somente agimos livremente quando retomamos a posse de nós mesmos na pura duração. Portanto, um outro uso das inovações tecnológicas nos liberta das necessidades superficiais ao permitir a experiência da duração e um desenvolvimento cada vez maior da intuição do impulso vital, ampliando a nossa liberdade para criar. 

* O evento é destinado a interessados em geral e não é necessário ter conhecimento prévio para participar.
* Os participantes receberão por e-mail o áudio da aula (formato mp3).
* A aula é dividida em três partes: na primeira parte, exposição dos conceitos; na segunda parte, perguntas dos participantes; na terceira parte, exposição dos conceitos.
* Haverá certificado de participação no evento.

______________________

Data: quarta-feira, 27 de Julho
Horário: das 20h às 22h
Entrada: R$ 35,00

Não é necessário fazer inscrição. O pagamento é feito no local do evento (cartão de débito ou dinheiro), ou opção antecipado no cartão de crédito.






*** O livro "Introdução à filosofia de Bergson" será distribuído gratuitamente aos participantes do evento ***





_________________________

Amauri Ferreira é filósofo, escritor e professor. Desde 2006 ministra cursos livres de filosofia e palestras em diversos espaços culturais e instituições de ensino. É autor do livro Singularidades Criadoras. É também autor de livros e artigos sobre a filosofia de Spinoza, Nietzsche e Bergson. Escritos, programação de cursos, vídeos e áudios estão disponíveis em www.amauriferreira.com

Comentários