Bergson e a evolução da vida como criação, início em 04/03/16, às 14h



* VAGAS ESGOTADAS*


Segundo Henri Bergson, o mau uso da invenção mecânica se encontra na tentativa de satisfazer as nossas necessidades de prazer, luxo e riqueza – necessidades que todo aquele que vive de modo criador já se libertou. Se “a mística chama a mecânica” é porque um outro uso das inovações tecnológicas nos liberta das necessidades superficiais, ampliando a nossa liberdade para criar ao favorecer cada vez mais a intuição da duração. Para Bergson, agimos livremente somente quando retomamos a posse de nós mesmos na pura duração. Portanto, uma humanidade superior à humanidade atual é aquela em que a inteligência e a intuição são plenamente desenvolvidas.

* O curso é destinado a interessados em geral e não é necessário ter conhecimento prévio para se inscrever.
* Os alunos receberão por e-mail os áudios das aulas (formato mp3).
* Cada aula é dividida em três partes: na primeira parte, exposição dos conceitos; na segunda parte, perguntas dos alunos; na terceira parte, comentários de trechos selecionados de diversos livros de Bergson.
* Haverá declaração de participação no curso.

PROGRAMA

Aula 1: A percepção como seleção de imagens. Cérebro e zona de indeterminação.
Aula 2: Os hábitos motores e a atualização das lembranças. A conservação do passado.
Aula 3: A duração como mudança qualitativa contínua.
Aula 4: A multiplicidade quantitativa e a multiplicidade qualitativa.
Aula 5: O reconhecimento habitual e o reconhecimento atento das imagens.
Aula 6: As três ilusões da consciência reflexa.
Aula 7: A continuidade material e a superação do dualismo matéria-espírito.
Aula 8: O impulso vital e as duas grandes linhas divergentes da evolução da vida: vegetal e animal.
Aula 9:  A ação sobre o mundo como direção fundamental da vida: inteligência e instinto.
Aula 10: O conhecimento da vida de dentro: a intuição.
Aula 11: A evolução da vida como criação.
Aula 12: A emoção representativa e a emoção criadora.
Aula 13: O esquema dinâmico e o esforço de invenção.
Aula 14: A pressão social, a moral fechada e a religião estática.
Aula 15: O impulso de amor, a moral aberta e a religião dinâmica.
Aula 16: A relação entre a invenção mecânica e a experiência mística.

_________________________

Início: sexta-feira, 04 de Março
Duração: 16 aulas, às sextas, de 04/03 a 08/07 (por causa dos feriados, não haverá aula em 25/03, 22/04 e 27/05)
Horário: das 14h às 16h
Valor: R$ 180,00 mensais (os pagamentos serão realizados nos meses de Março, Abril, Maio e Junho). Obs: caso haja desistência durante o curso, não será necessário efetuar o pagamento do valor referente às aulas que restarem para o término do curso.

* VAGAS ESGOTADAS* 

_________________________

Amauri Ferreira é filósofo, escritor e professor. Ministra cursos livres de filosofia e palestras em diversos espaços culturais e instituições de ensino. É autor dos livros Singularidades Criadoras (Editora Sapere), Introdução à Filosofia de Spinoza e Introdução à Filosofia de Nietzsche. É também autor dos artigos Mente, corpo, imaginação e memória em Espinosa, Culpa, ressentimento e a inversão dos valores em Nietzsche (ambos publicados pela revista Filosofia, da Editora Escala) e Corpo e pensamento: a invenção de outro sentido (publicado pela Revista Reichiana, do Instituto Sedes Sapientiae). Escritos, programação de cursos, vídeos e áudios estão disponíveis em www.amauriferreira.com

Comentários