ONLINE AO VIVO: Nietzsche - Genealogia da moral, início em 04/02/15, às 20h30


A PRIMEIRA AULA É GRATUITA
Envie um e-mail para filosofia@amauriferreira.com e informe que deseja assistir à primeira aula gratuitamente. Não é necessário ter webcam e microfone. Transmissão a partir das 20h30.

Após à primeira aula, quem desejar inscrever-se para o curso completo receberá por e-mail os dados bancários para depósito do valor do curso.

Início: quarta-feira, 04 de Fevereiro de 2015
Duração: 5 aulas, de 04/02 a 04/03
Horário: às quartas-feiras, das 20h30 às 22h
Valor: R$ 85,00


* O curso é destinado a interessados em geral e não é necessário ter conhecimento prévio para se inscrever.
* A aulas serão transmitidas ao vivo e os vídeos NÃO estarão disponíveis após às aulas.
* Os alunos inscritos para o curso completo receberão por e-mail os áudios das aulas (formato mp3).
* Cada aula é dividida em três partes: na primeira parte, exposição dos conceitos; na segunda parte, perguntas dos alunos através do chat; na terceira parte, exposição dos conceitos.

Em Genealogia da moral, Nietzsche sublinha a importância do conhecimento das condições e circunstâncias em que os valores morais vigentes surgiram, ou seja, é necessário investigar sob quais condições o homem ocidental inventou o “bom” e o “mau”. Essa investigação implica necessariamente alguns aspectos essenciais da obra nietzschiana: a relação entre fisiologia, forças e vontade de potência; os valores morais como sintomas de um modo de vida ressentido (o homem reduzido à memória das marcas); a expansão do sentimento de culpa através da interpretação sacerdotal do sofrimento e o crescimento da vontade do nada como extremo do niilismo. Portanto, culpa e ressentimento, que são sentimentos que se tornaram tão comuns e que podem nos levar a acreditar que eles são inerentes à humanidade, são inseparáveis de uma moral que reprime continuamente as forças ativas do homem, impedindo-o de criar novos valores.

PROGRAMA

Aula 1: Apresentação geral do curso. A exigência nietzschiana por uma crítica dos valores morais, ou seja, colocar em questão o valor dos valores morais vigentes.
Aula 2: A relação entre fisiologia e valor moral. O ressentimento como memória das marcas.
Aula 3: A inversão dos valores a partir do ressentimento. A diferença entre o "bom e ruim" (interpretação do homem ativo) e o "bom e mau" (reinterpretação do homem reativo).
Aula 4: A má consciência como interiorização das forças ativas e a reprodução do sentimento de culpa pela moral.
Aula 5: O sacerdote-pastor (judaico e cristão), o homem-rebanho e o ideal ascético: as medicações do sacerdote e a união entre os homens do ressentimento. 

Amauri Ferreira é filósofo, escritor e professor. Ministra cursos livres de filosofia e palestras em diversos espaços culturais e instituições de ensino. É autor dos livros Singularidades Criadoras (Editora Sapere), Introdução à Filosofia de Spinoza e Introdução à Filosofia de Nietzsche. É também autor dos artigos Mente, corpo, imaginação e memória em Espinosa, Culpa, ressentimento e a inversão dos valores em Nietzsche (ambos publicados pela revista Filosofia, da Editora Escala) e Corpo e pensamento: a invenção de outro sentido (publicado pela Revista Reichiana, do Instituto Sedes Sapientiae). Escritos, programação de cursos, vídeos e áudios estão disponíveis em www.amauriferreira.com. Acompanhe também pelo Facebook e Twitter.


Comentários