Consciência e linguagem em Nietzsche



Segundo Nietzsche, a consciência humana surgiu pela necessidade de comunicação, caminhando, então, lado a lado com a linguagem – queremos, pensamos, agimos e sentimos sempre de modo contínuo, sempre de modo inconsciente. Como a consciência humana está diretamente relacionada à necessidade de comunicação, os signos de comunicação apenas passam a expressar o pensamento, ou melhor, um fragmento deste, que tornou-se consciente. Portanto, a crença na ordem do mundo através da consciência e da linguagem (o que sustenta a metafísica), aprisiona o homem através de noções como identidade e verdade. Como alternativa à vulgarização crescente do homem em rebanho, Nietzsche não dissocia a linguagem das forças do corpo, dos afetos e, também, da experiência do tempo, do silêncio e da mudança.



O curso é destinado a universitários, pós-graduandos, profissionais de diferentes áreas e interessados em geral. Não é necessário ter formação em filosofia para participar.


Os alunos do curso terão acesso exclusivo a:
 
- Áudios de todas as aulas, na íntegra;
- Plantão de dúvidas através de e-mail.


Início: quinta-feira, 07 de Julho
Duração: 4 aulas, de 07/07 a 28/07
Horário: às quintas-feiras, das 20h às 22h
Valor: R$ 140,00
Endereço: Rua Costa Carvalho 93, Pinheiros, São Paulo

  
Inscrições:
envie um e-mail para amaureks@gmail.com e informe nome, e-mail e telefone. O pagamento é feito no local do curso.


Vagas limitadas!



Exibir mapa ampliado

Comentários